Introdução ao Backup e Restore

Blog



Introdução ao Backup e Restore

Introdução ao Backup e Restore

A finalidade de executar um backup consiste em se fazer uma ou mais cópias de segurança dos arquivos e dados de um sistema, a intenção é se precaver de uma situação crítica, como a de perda de informações ou problemas com softwares, hardwares e documentos corrompidos. Existem diversos tipos de situações que podem gerar um grande desconforto, como por exemplo: um usuário pode perder CD, Pen Drive, HD, Fita LTO ou ainda ter problemas no desempenho do sistema.

Vale destacar que o backup restore permite restaurar os dados perdidos, e na maioria dos casos, no próprio dispositivo original. Assim, é possível compreender que restore de arquivos é executado no ambiente de produção das operações e plataformas ativas.

Será que o fato de realizarmos o backup restore das informações nas empresas nos torna seguros?

A realidade de muitas empresas é que o responsável pelo backup nem sempre sabe o que é de fato relevante para a organização, é necessário entender que uma rotina de backup deve ser pensada por várias pessoas e departamentos, tanto de TI quanto de negócios.

Na minha concepção é interessante pontuar os fatores que influenciarão para que o seu backup seja válido e o restore seja bem concluído. Não adianta nada ter o backup de um arquivo que teve uma atualização, mas a mesma não foi armazenada.

Por isso, devemos orientar as empresas e clientes de como criar políticas de backup mais aderentes às suas realidades. Facilitando todo o processo de entendimento do que será copiado, onde será copiado, em quantos lugares e qual tempo de retenção.
Por fim, não podemos esquecer, que os testes de backup restore das informações devem ser frequentes, para que tenhamos sempre a certeza de que poderemos recuperar informações de forma produtiva e eficaz.




danilo-oliveira-autor-artigo-blogDanilo Oliveira
Colaborador
Analista de Pré-Vendas



Solução de backup em nuvem

Teste Grátis 30 dias

Avalie este item
(17 votos)


Comments
Deixe um comentário
Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Mais nesta categoria: « BACKUP NA NUVEM É SEGURO?