Blog



Gestão de Telefonia - entenda porque terceirizar vai fazer sua empresa lucrar mais. Gestão de Telefonia - entenda porque terceirizar vai fazer sua empresa lucrar mais.

Por que terceirizar a gestão de telefonia vai fazer sua empresa lucrar mais?

Imagine a seguinte situação: você recebeu sua fatura telefônica e ela veio em torno de 10% mais cara que a média dos últimos meses. Para não pagar por algo que talvez nem tenha usado, você vai tentar descobrir o motivo do aumento repentino. Mas ao se deparar com uma fatura confusa, você desiste de procurar o erro e simplesmente paga a conta, para não ter dor de cabeça?


Se essa é uma situação que já aconteceu com você e te deixou com a sensação de estar sendo enganado, imagine quantas vezes isso acontece com uma empresa que possui muitas linhas, contratos com mais de uma operadora e não tem controle nenhum sobre as contas telefônicas que ela paga todo mês.

No caso das empresas, enxergar o erro é ainda mais difícil: muitas vezes a conta não aumenta de um mês para o outro, mas o valor mensal considerado “normal” está errado por si só. Calcula-se que entre 7% e 12% por cento do gasto com telefonia em uma empresa seja de cobranças indevidas (Fonte: Aberdeen Group).

Entender a lógica de cobrança das operadoras leva tempo e demanda paciência. No caso de uma empresa, além de tempo e paciência, há outro gasto: é preciso destacar um colaborador ou até uma área inteira para fazer essa gestão – e sem a garantia de que vão conseguir resolver as cobranças indevidas, alocar corretamente as chamadas em seus centros de custo, otimizar o uso dos recursos etc.

A transformação digital como aliada da gestão de telefonia


Se tem algo que a transformação tecnológica nos trouxe de muito bom foi a possibilidade de ter mais controle (e mais visibilidade) sobre muitas variáveis que antes permaneciam obscuras. Se antes tínhamos que confiar cegamente no que a operadora de telefonia nos cobrava, hoje já temos ferramentas que cruzam dados e descobrem erros até então considerados imperceptíveis.

Mas quando se fala em gestão de telefonia, poucos gestores conseguem relacionar de imediato esse tipo de gerenciamento com os ganhos que sua empresa pode obter se passar a fazer gestão telecom. Isso acontece porque muitos deles não têm conhecimento do quanto a mais podem estar gastando com pacotes de voz e dados mal dimensionados, com a distribuição inconsistente entre as ligações por cada centro de custo, com a precificação incorreta de seus serviços (principalmente se o telefone faz parte do custo operacional da empresa e também de sua estratégia), com a obsolescência de seus ativos e a incapacidade de eles usarem todos os recursos disponíveis etc.

Recentes pesquisas de mercado trazem à luz dados importantes sobre a gestão de contas em telecom. Para além das já manjadas cobranças indevidas que acometem grande parte dos titulares de linhas móveis ou fixas, algumas descobertas podem deixar muitas empresas preocupadas, caso ainda não tenham adotado um programa de gerenciamento de contas de telecom.


Entre os dados mais relevantes, destacamos os seguintes:


• 80% das empresas gastam, em média, 15% a mais do que deveriam com comunicação móvel (Fonte: Gartner).

• 31% do plano mensal de minutos contratado e pago não é utilizado (Fonte: CCMI).

• Um usuário padrão tende a gastar apenas 13% da capacidade de dados contratada mensalmente (Fonte: CCMI).

• Empresas de pequeno e médio porte que fazem o gerenciamento de gastos em telecom economizam em média 22% a mais do que as que não investem em gestão de telefonia (Fonte: Gartner).



A relação entre a gestão de telefonia e o lucro de uma empresa


O exercício de pensar em uma situação particular e relacioná-la a uma situação empresarial é válido para criar empatia com um problema sério que muitas empresas enfrentam.

Essa relação, no entanto, não guarda a mesma proporção e impacto que esses erros podem causar, por exemplo, em uma conta telefônica de uma empresa que gasta anualmente R$ 150 mil em telefonia.

É por esse motivo que entender a dimensão de uma gestão de telefonia no contexto empresarial é de extrema importância. E esse entendimento tem que estar no radar principalmente de gestores, diretores e donos de empresa, que muitas vezes não têm mais de onde cortar para conseguir aumentar sua margem de lucro, investir na empresa, contratar mais funcionários, modernizar sua infraestrutura etc.

Para ilustrar, vamos fazer uma conta rápida utilizando o exemplo da empresa que gasta em torno de R$ 150 mil/ano com telefonia fixa e móvel e que não faz gestão de telecom: se levarmos em conta os dados apresentados pela Gartner, podemos dizer que essa empresa teria uma redução de 22% em seus gastos e, portanto, um aumento de R$ 33 mil/ano em seu lucro, uma vez que esse valor simplesmente deixaria de ser repassado indevidamente às operadoras.

E em termos do lucro relacionado à economia em telefonia, esse exemplo é apenas o começo de um novo horizonte que pode se abrir para as empresas que optarem por olhar para a gestão de telefonia como parte de sua estratégia empresarial.


A importância de contar com os serviços de um especialista para a gestão de telefonia


Cada empresa tem o seu core business. E se o foco principal de negócios de uma empresa não é telefonia, por que motivos ela precisa ter uma área inteira ou pessoas de uma área se dedicando à gestão de custos com telefonia?


Quando uma empresa contrata os serviços especializados de gestão telecom, ela passa a contar com a expertise de um especialista que trabalha em favor dela e não de uma operadora. Esse especialista está ali principalmente para garantir que ela não sofra perdas com cobranças indevidas, que os recursos contratados na operadora sejam otimizados, que haja uma redução efetiva dos custos com telefonia, que haja distribuição correta e exata dentro de cada centro de custo (ou entre os centros de custos), que a empresa saiba quando sua infraestrutura está sub ou superdimensionada, entre outras garantias.


Outra vantagem de fazer uma gestão de telefonia é ter o suporte de uma tecnologia capaz de mapear ligações (bilhetagem), escolher as melhores rotas para as ligações efetuadas, fazer ranking dos canais que mais gastam, identificar ligações particulares dos usuários e separá-las das ligações comerciais, cruzar informações reais com as cobradas pelas operadoras e expor erros de cobrança.


Por estar calibrada com a gestão de cobrança da operadora, a tecnologia dá suporte, inclusive, para que a empresa peça ressarcimento retroativo da operadora dos valores cobrados indevidamente em contas passadas. Sobre essa questão, já existe até uma portaria da Anatel que prevê que, em caso de cobrança indevida, a operadora pague em dobro o valor cobrado errado.

Agora, voltemos ao exemplo dado anteriormente: imagine que seu gasto com telefonia é no mínimo R$ 10 mil ao mês.

  • • Se você pudesse contar com um especialista no assunto telecom para dar o respaldo técnico e operacional de uma área que você não domina?
  • • Se tivesse uma ferramenta tecnológica capaz de otimizar os custos e pudesse monitorar a qualquer momento o consumo de sua conta através de um dashboard acessível e online?
  • • Você ficaria mais tranquilo de pagar essa quantia todo mês sem medo de estar sendo passado para trás?
  • • Se você respondeu sim, é essa mesma tranquilidade que uma gestão de telefonia pode proporcionar a uma empresa que contrata esse tipo de serviço.



Veja como é simples
gerenciar suas contas

Assista o vídeo 



Você também pode acessar nossos materiais para saber um pouco mais sobre o assunto e também conhecer melhor nossa solução:



Avalie este item
(0 votos)


Comments
Deixe um comentário
Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.